Crianças preferem consultar o Google antes dos pais ou professores

Olá a todos!

Quando você tem dúvidas sobre algo, seja na faculdade, na vida pessoal ou até mesmo no cotidiano diário, pra quem você pergunta? Se você respondeu Google, sua resposta está entre as respostas da maioria das pessoas.

Hoje quando pensamos em em encontrar um local, uma empresa ou simplesmente uma resposta para aquilo que estamos procurando o Google é uma das primeiras opções que nos vem a cabeça. E não é pra menos afinal o que não encontramos no Google?

Até mesmo as crianças quando estão com alguma duvida ou vão fazer algum trabalho da escola preferem primeiro consultar o Google. Foi o que mostrou uma pesquisa britânica da Birmingham Science City que consultou 500 crianças entre 6 a 11 anos de idade.

A pesquisa mostrou que 54% dessas crianças preferiam consultar primeiro o Google. E somente 19% usaram um dicionário impresso.

Um fato curioso é que algumas crianças não sabiam nem o que era uma enciclopédia. A enciclopédia ficou em última lugar na busca por informações.

Das crianças pesquisadas que tinham entre 6 e 14 anos apenas 3% responderam que procurariam respostas com o professor. E apenas um quarto dessas crianças consultaria os pais antes de perguntarem ao Google.

O estudo mostrou a importância que a tecnologia ganhou na vida da nova geração de crianças que cresce em uma sociedade que aceita como padrão a tecnologia no aprendizado.

Saindo um pouco do assunto da pesquisa, eu não consigo imaginar uma internet sem um lugar onde é filtrada toda a web para que possamos receber somente os resultados solicitados. Ou seja não consigo mas ver a internet hoje sem os buscadores. Que são de suma importância para todos nós. Seria uma bagunça!

Falamos muito em Google pelo fato dele ser o mais popular entre os buscadores mas temos também o Bing, Yahoo e vários outros menos conhecidos mas não menos funcionais.

A mudança na política de privacidade do Google causa desconfiança em todo o mundo

O Google informou a todos através de pop ups e em todos os seus serviços que sua política de privacidade mudaria. Contudo surgiram alguns boatos gerando dúvidas e uma grande discursão em torno do assunto.

Algumas pessoas se posicionaram contra tal mudança de política porque acham que isso poderá ser prejudicial aos usuários pois ele terá maior acesso as informações.

A mudança na política de privacidade faz com que as informações coletas por qualquer um dos serviços do Google também poderão ser compartilhadas com outros serviços.

A nova política de privacidade começou a valer a partir desta última quinta feira, dia 1º de março. E tem por objetivo unificar todas as contas de todos os serviços do Google.

Essa mudança na prática quer dizer que, se você tem uma conta no Youtube e tem também uma conta no Gmail por exemplo, as regras serão uma só para ambos os serviços e o Google poderá compartilhar suas informações entre tais serviços. Lembrando que o Google é dono de mais de 60 produtos entre eles temos o Youtube, a rede social Google+ e o Gmail. O Google Wallet, navegador Chrome e o Books não serão afetados por esta mudança.

Até mesmo a agência de regulamentação de dados da França e a Comission Nationale de l’Informatique e des Libertés (CNIL) ficaram preocupadas e pretendem investigar estas novas mudanças do Google.

A questão é que não tem como saber se tais mudanças serão de alguma forma prejudiciais aos usuários ou não. O que resta mesmo é esperar para ver o que acontece.

Boa sorte a todos!