É possível ter um site profissional em wordpress?

Vamos imaginar que você precisa de um site profissional para sua empresa e ao receber orçamentos percebe que algumas empresas enviaram propostas de sites em WordPress. Você obviamente não entende o que é WordPress, então resolve perguntar a um amigo você acredita ser mais bem “entendido” sobre o assunto que imediatamente lhe informa que sites em WordPress são grátis. E agora o que fazer?

Escrevo esse post para tentar explicar de uma forma prática como o WordPress pode ser extremamente útil em projetos que vão desde sites simples até sites extremamente robustos como portais de notícias e lojas virtuais completas.

Antes de tudo vamos entender o que é WordPress

É muito fácil para uma pessoa com conhecimentos em html e ftp atualizar um site simples. Já para uma pessoa sem qualquer conhecimento técnico é uma tarefa árdua e complexa, mesmo com instruções detalhadas. Para facilitar a vida dessas pessoas é instalado na grande maioria dos websites um gerenciador de conteúdo, que nada mais é do que um painel intuitivo onde podemos inserir, excluir ou até mesmo editar conteúdo já existente no site de forma muito simples e sem precisar lidar diretamente com o código fonte. É aí que entra o painel do WordPress.

Inicialmente criado para gerenciar blogs, conseguiu se destacar muito rapidamente e logo se tornou um dos melhores gerenciadores de conteúdo do mundo e hoje é utilizado por todos aqueles que querem um blog extremamente profissional e robusto.

Além de blogs o wordpress é capaz de gerenciar qualquer projeto web como lojas virtuais, sites institucionais, sites para jornais e revistas e até mesmo um portal de notícias complexo. Essas capacidades são possíveis devido sua facilidade de extensão através de programação PHP e plugins. Mas adiante iremos conversar melhor sobre plugins.

O WordPress que estou me referindo aqui é aquele software encontrado no wordpress.org. Importante não confundir com o wordpress.com.

Custos para ter um site em wordpress

Sendo o WordPress um software de código aberto você não paga para utiliza-lo, mas precisará de um pouco de tempo para estudar tutoriais, precisará também de uma hospedagem profissional e um domínio registrado. Em grande maioria das hospedagens você conseguirá instalar o WordPress diretamente através do painel da hospedagem em apenas um clique.

Se você precisa apenas de uma página simples e não-profissional pode ser que encontre um modelo interessante no próprio diretório de temas do WordPress após instalação em aparência > temas. Mas se você precisa da criação de um site site extremamente profissional é inevitável a contratação de profissionais para desenvolver um tema e fazer toda integração necessária.

Uma outra alternativa se você quer um site mais profissional é comprar uma template premium para wordpress, que geralmente vem com todas as explicações necessárias para instalação por qualquer pessoa que tenha um pouco de tempo e em alguns casos um pouquinho de inglês, mas com Google translate tudo fica fácil.

E sobre a segurança: WordPress é seguro?

O WordPress como qualquer outro sistema existente não é a prova de falhas mas como possui uma comunidade de desenvolvedores muito grande e ativa  lança frequentemente atualizações que em sua maioria são de segurança. Dito isso é muito importante que utilizemos a versão mais recente e sempre que sair nova versão continue atualizando.

Para manter a segurança também é importante que você nunca utilize temas piratas. Se você precisa de um site profissional compre um tema em vez de baixar uma versão craqueada. O mesmo vale para os plugins. Procure utilizar apenas plugins do diretório oficial ou pagos.

Reputação do WordPress no mercado: é bom ou ruim?

Existem vários outros gestores de conteúdo de código aberto no mercado e posso citar alguns como exemplo o Joomla que é ideal para gerenciar sites e portais; o Magento que é um gestor de loja virtual. Todos obviamente tem suas peculiaridades mas eu como possuo um grande conhecimento em WordPress consigo afirmar com toda segurança que ele de longe se destaca.

Eu sempre indico o WordPress em meus projetos principalmente pela facilidade que o cliente tem ao aprender a gerenciar seu site.

Muitos “profissionais” por não se atualizarem e em alguns casos passarem por experiências negativas em versões anteriores por falta de conhecimento tem uma percepção errada ao ouvir falar em wordpress, pois ainda acreditam que ele é apenas um “sisteminha” grátis para blogs. E como já postei, trata-se de um dos maiores CMS’s do mundo.

WordPress já é responsável por 25% de todo os websites existentes

Em um estudo feito pela W3techs o wordpress já é responsável por 1 de cada 4 sites na internet. Óbvio que os números estão em constante crescimento e talvez quando você ler esse artigo os números do crescimento do wordpress já estarão maiores já que ainda existe 57% de sites que não utilizam nenhum CMS e muitos outros estão sendo substituidos por WordPress. Veja o gráfico e compare o wordpress com outros CMS’s:

crescimento-wordpress

 

Fonte: http://venturebeat.com/2015/11/08/wordpress-now-powers-25-of-the-web/

 

O sistema de gerenciamento de conteúdo que mudou a cara da web

Você sabe o que é um CMS? Caso não saiba leia também: Você sabe o que é um CMS?.

Desde suas versões iniciais o WordPress já mostrava que poderia oferecer algo a mais para a internet. Hoje ele é responsável por mais de 12% de todos os sites que você ver na web segundo o próprio fundador e isso se dá pelo motivo dele ter total capacidade de gerenciar sites complexos, possuir uma infinidade de plugins e ser altamente customizável.

O que é o WordPress?

O WordPress é um CMS (Content Management system) que quer dizer Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Criado por Matt Mullenweg em meados de 2003 e atualmente é licenciado sob a GNU General Public Licence, sendo assim gratuito. O WordPress foi desenvolvido na linguagem de programação PHP para o banco de dados MySql.

O wordpress surgiu como um simples sistema de gerenciamento de blogs, mas logo começou ir mais longe até se tornar este fantástico CMS que é praticamente perfeito.

Segundo um artigo da revista Wide, dos 255 milhões de sites existentes na web, cerca de 30,6 milhões só existem graças ao WordPress. Isso quer dizer que atualmente a criação de Matt é o CMS número 1 do mundo.

O WordPress trouxe muta coisa nova para a web, e sem dúvidas está muito a frente da concorrência. Poderoso como sistema de blog, robusto e flexível como CMS.

Prêmios

Como prova de que é um CMS de destaque o WordPress vem faturando diversos prêmios. Um dos mais recentes é o Open Source Web App of the Year Award no The Critters, prêmio de aplicação web código aberto do ano realizado em 2011.

Em 2010 ganhou também o Hall of Fame CMS no 2010 Open Source Awards, em 2009 faturou o Open Source CMS Award e em 2007 o prêmio packet de CMs código aberto.

Evolução

A partir do lançamento da versão 3.1, o WordPress trouxe mais uma grande quantidade de possibilidades e recursos como customização de tudo através das novas apis.

Trouxe também a fusão do WordPress com o WordPress MU. Este último é um sistema que tinha por característica principal o gerenciamento de vários sites a partir de uma única base. Após a fusão de ambos designers e desenvolvedores agora podem gerenciar vários sites da mesma área de gerenciamento, o que antes não era possível.

A ferramenta está bem mais rosbusta que antes, isso é fato. Além de se tornar uma ferramenta mais flexível e amigável o WordPress tem tudo para melhorar a cara dos sites e tornar os sites cada vez mais incríveis.

Sites que utilizam WordPress como CMS

Seguem alguns sites brasileiros desenvolvidos para a plataforma CMS WordPress.

O Site do ministério da cultura: www.cultura.gov.br

O site da escola de idiomas CCAA: www.ccaa.com.br

Prefeitura de Olinda: www.olinda.pe.gov.br