Um site com design limpo nem sempre é intuitivo

Olá amigos!

Trabalho com criação de sites em Brasília e ouço muito, principalmente de alguns clientes na fase inicial do projeto, as palavras “sites simples” ou site limpo. No meu entender um site com design simples é aquele sites sem cores agressivas e textos organizados e bem estruturados dentro da interface pública.

Muitas pessoas tem o Google como um belo modelo de sites simples e intuitivo. De fato ele é simplesmas com relação a intuitivo, é outra história. Já que nos resultados de sua busca orgânica nem sempre o primeiro resultado é o de fato o que estamos procurando e muitos usuários imagina que seja. Ou seja, muitos usuários do Google tem uma intuição errada.

O que pensamos é que um site com visual limpo também é intuitivo. Para muitos um site limpo é mais fácil de navegar e consequentemente é mais intuitivo e o usuário terá mais facilidade para encontrar o que deseja.

Em um artigo da revista W, Jared Spool que é palestrante, autor, CEO e trabalha com usabilidade desde 1978 fala que imaginar que um site limpo é mais intuitivo é um erro. Ainda segundo ele um site simples não é a mesma coisa que minimalista.

Para Spool um design complexo pode ser intuitivo, enquanto uma página simples pode ser confusa. Isso tudo vai depender do conhecimento do usuário, ou seja, qualquer coisa que se aproxime do meu conhecimento atual pode parecer simples mas parece complexo para alguém que não tem o mínimo de conhecimento sobre aquilo.

Muitos designers tentam adivinhar o que o usuário considera intuitivo, mas isso também é um erro. Cada um tem um conhecimento e como vimos no parágrafo anterior, um design simples pode ser complexo para alguém e um design complexo pode ser simples para alguém.

Como podemos ver conseguir um design intuitivo para todos os usuários não é uma tarefa muito simples de se fazer. Mas é necessária. Para isso a melhor forma é estudar as pessoas para tentar descobrir como elas interagem, como elas usam sites e Apps. Somente assim conseguiremos chegar mais perto de descobrir o que é intuitivo e o que não é.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta